ABOZ - Associação Brasileira de Ozonioterapia
ABOZ no Facebook ABOZ no Instagram

Biblioteca

Ozone Decreases Biomarkers of Inflamation (C-Reactive Protein and Erytrocyte Sedimentation Rate) and Improves Pain, Function and Quality of Life in Knee Osteoarthrtitis Patients: A Before-and-After Study and Review of the Literature.

Tipo de Estudo: Observacional analítico, prospectivo. Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar se o ozônio é capaz de diminuir os biomarcadores de inflamação proteína C-reativa (PCR), a taxa de sedimentação de eritrócitos (VHS) e dor, e melhorar a função e qualidade de vida em pacientes com osteoartrite (OA) do joelho. Uma pesquisa prospectiva quase experimental (antes e depois do estudo) foi realizada para investigar o efeito do protocolo da ozonioterapia. A intervenção incluiu 4 sessões (1 sessão / semana) de uma infiltração intra-articular de uma mistura oxigênio-ozônio medicinal (95% / 5%) na concentração de 20 µg/mL. As escalas de avaliação bioquímica (PCR e VHS), VAS de dor e WOMAC foram avaliadas antes e após o tratamento. No geral, 33 pacientes foram avaliados. Pacientes do sexo feminino representaram 75,7% (n=25) e pacientes do sexo masculino corresponderam a 24,3% (n=8). Biomarcadores de inflamação diminuíram significativamente. Proteína C-Reativa (PCR) diminuiu de 0,33 ± 0,32 mg/dL para 0,25 ± 0,23 mg/dL (P=0,0456). A velocidade de sedimentação de eritrócitos (VHS) diminuiu de 15,06 ± 12,09 mm/h para 11,81 ± 8,32 mm/h (P=0,01). Antes do tratamento, a dor medida pela VHS foi de 7,33 ± 1,31 pontos e diminuiu para 2,84 ± 1,76 (P=0,0000). A subescala WOMAC dor foi de 14,84 ± 2,77 pontos e diminuiu para 5,96 ± 3,53 (P=0,0000), a subescala de rigidez WOMAC foi de 3,06 ± 1,95 pontos e melhorou para 1,15 ± 1,3 (P=0,0000), subescala de função WOMAC de 41,15 ± 12,58 pontos e diminuiu para 22,3 ± 11,64 (P = 0,000). O ozônio é capaz de diminuir a dor e a rigidez e melhorar a função e a qualidade de vida em pacientes com OA de joelho, diminuindo os biomarcadores de inflamação, como PCR e VHS.

Autor: Fernandez-Cuadros, M.E., Perez-Moro, O.S., Albaladejo-Florin, M.J., & Algarra-Lopez, R.

Revista: Revista Oriente Médio de Reabilitação e Estudos de Saúde: e64507. Publicado em Março de 2018.

Voltar ao topo