ABOZ - Associação Brasileira de Ozonioterapia

Este site foi desenvolvido para funcionar apenas com javascript habilitado!

Por questões de segurança e usabilidade, este site foi desenvolvido para funcionar apenas com javascript habilitado.

Se quiser continuar, ative o uso de javascript no seu navegador e atualize esta página.

Possui dúvidas? Entre em contato conosco!

Equipe ABOZ!

×

O evento não está disponível para inscrições a partir da área do conhecimento selecionada.

Você pode solicitar acesso VIP ao evento, dessa forma a inscrição estará disponível para qualquer área do conhecimento, entre em contato.

Caso já tenha solicitado acesso VIP, efetue o seu login e se inscreva! ;)

×

Este curso/evento não está disponível para estudantes! ;)

Em caso de dúvidas entre em contato conosco:

PagSeguro

PagSeguro é a solução do UOL para pagamentos online, que garante a segurança de quem compra e de quem vende na web. Quem compra com PagSeguro tem a garantia de produto ou serviço entregue ou seu dinheiro de volta. Quem vende com PagSeguro fica livre de fraudes e perdas em vendas online.

PayPal

PayPal é a maneira mais rápida e segura de pagar online com a segurança garantida dos seus dados. O PayPal é uma das plataformas mais utilizadas no mundo para transação com cartões.

Boleto Bancário

Para pagamentos no Brasil, com vencimento para três dias úteis. Sua afiliação/participação em evento será liberada após o pagamento do boleto.

Depósito Bancário

Para depósitos feitos no Brasil. Após a transação o depositante deverá enviar o comprovante para a ABOZ e sua afiliação/participação em evento será liberada após a confirmação pela ABOZ.

Biblioteca

Ozone therapy in 65 patients with fibromyalgia: an effective therapy.

Ozonioterapia em 65 pacientes com fibromialgia: uma terapia eficaz.

Indicação Clínica: Fibromialgia
Tipo de Estudo: Observacional.
Resumo: A fibromialgia é um distúrbio crônico com sintomatologia muito complexa. Embora a dor severa generalizada seja considerada o sintoma principal da doença, muitos outros sintomas associados, principalmente sono não restaurador, fadiga crônica, ansiedade e sintomas depressivos, também desempenham um papel relevante no grau de incapacidade característico da doença. Pensa-se que a terapia com ozônio, usada para tratar uma ampla gama de doenças e pareça ser particularmente útil no tratamento de muitas doenças crônicas, exerça um estresse oxidativo leve, transitório e controlado que promove uma regulação positiva do sistema antioxidante e uma modulação do sistema imunológico. De acordo com esses mecanismos de ação, foi levantada a hipótese de que a ozonioterapia poderia ser útil no tratamento da fibromialgia. Sessenta e cinco pacientes com fibromialgia, de acordo com a definição do American College of Rheumatology (Arthritis Rheum 1990; 33: 160-172), foram tratados na Clínica MEDE (Sacile, Pordenone, Itália) de fevereiro de 2016 a outubro de 2018. Mulheres 55 e os homens 10; a idade variou de 30 a 72 anos e o tempo do diagnóstico de fibromialgia variou de 0,5 a 33 anos. O tratamento foi realizado por autohemotransfusão em 55 pacientes e por insuflação retal de ozônio em 10 pacientes, de acordo com os protocolos SIOOT (Sociedade Científica de Oxigenoterapia com Ozônio), duas vezes por semana durante um mês e depois duas vezes por mês como terapia de manutenção. Encontramos uma melhora significativa (> 50% dos sintomas) em 45 pacientes (70%). Nenhum paciente relatou efeitos colaterais importantes. Em conclusão, que sabemos, este é o maior estudo de pacientes com fibromialgia tratado com ozonioterapia relatado na literatura e demonstra que a ozonioterapia é um tratamento eficaz para pacientes com fibromialgia sem efeitos colaterais significativos. No momento, a ozonioterapia parece um tratamento que, também porque sem nenhum efeito colateral, pode ser proposto a pacientes com fibromialgia que não estão obtendo resultados adequados de outros tratamentos disponíveis e pode ser considerado como medicina complementar / integrativa.
Download

Autor: Tirelli, L., Cirrito, C., Pavanello, H., Piasentin, C., Lleshi, Um., & Taibi. R.

Revista: 2020-01-10