ABOZ - Associação Brasileira de Ozonioterapia

Este site foi desenvolvido para funcionar apenas com javascript habilitado!

Por questões de segurança e usabilidade, este site foi desenvolvido para funcionar apenas com javascript habilitado.

Se quiser continuar, ative o uso de javascript no seu navegador e atualize esta página.

Possui dúvidas? Entre em contato conosco!

Equipe ABOZ!

×

O evento não está disponível para inscrições a partir da área do conhecimento selecionada.

Você pode solicitar acesso VIP ao evento, dessa forma a inscrição estará disponível para qualquer área do conhecimento, entre em contato.

Caso já tenha solicitado acesso VIP, efetue o seu login e se inscreva! ;)

×

Este curso/evento não está disponível para estudantes! ;)

Em caso de dúvidas entre em contato conosco:

PagSeguro

PagSeguro é a solução do UOL para pagamentos online, que garante a segurança de quem compra e de quem vende na web. Quem compra com PagSeguro tem a garantia de produto ou serviço entregue ou seu dinheiro de volta. Quem vende com PagSeguro fica livre de fraudes e perdas em vendas online.

PayPal

PayPal é a maneira mais rápida e segura de pagar online com a segurança garantida dos seus dados. O PayPal é uma das plataformas mais utilizadas no mundo para transação com cartões.

Boleto Bancário

Para pagamentos no Brasil, com vencimento para três dias úteis. Sua afiliação/participação em evento será liberada após o pagamento do boleto.

Depósito Bancário

Para depósitos feitos no Brasil. Após a transação o depositante deverá enviar o comprovante para a ABOZ e sua afiliação/participação em evento será liberada após a confirmação pela ABOZ.

Notícias

A Ozonioterapia tem pesquisa aprovada pelo Comitê de Ética para provar eficácia no tratamento complementar da Covid 19

A Ozonioterapia tem pesquisa aprovada pelo Comitê de Ética para provar eficácia no tratamento complementar da Covid 19

 

Aboz lamenta e reafirma a seriedade da pesquisa sobre a Ozonioterapia no tratamento da Covid já aprovada pelo Comitê de Ética 

Nos últimos dois dias, a Ozonioterapia ganhou espaço na mídia e nas redes até em memes e de forma jocosa. Lamentamos que a utilização de técnica tão séria e respeitada mundo afora, por toda a Europa em países como a Alemanha, onde surgiu, seja alvo de piadas preconceituosas. Por isso, a Aboz esclarece o que se pode chamar de mal entendido.  

Distante de ser uma novidade, a Ozonioterapia é uma técnica secular que utiliza a mistura gasosa oxigênio-ozônio para fins medicinais, com aplicações múltiplas em Medicina e Odontologia. Descoberto ainda em 1840, o ozônio começou a ser utilizado na área da saúde ainda no século XIX, por médicos alemães. Muito difundida em toda a Europa, no Canadá, México, China, em 23 estados dos EUA e Cuba, a Ozonioterapia já faz parte dos tratamentos pagos pelos seguros-saúde dos governos, como é o caso da Alemanha.

Com o surgimento do Coronavírus, países como Itália, Espanha e outros têm realizados estudos que indicam que a Ozonioterapia é uma terapêutica complementar no tratamento da COVID, em função das propriedades do ozônio que, auxilia na modulação do processo inflamatório e na liberação de oxigênio pelos tecidos, tendo baixo risco e alto potencial, evitando que a doença se agrave. 

No cenário brasileiro, a Associação Brasileira de Ozonioterapia (Aboz) já teve aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa CEP/CONEP para realizar o primeiro trabalho brasileiro sobre a Ozonioterapia para a COVID-19 em pacientes internados que poderá  ser aplicado em hospitais. Neste contexto, a prefeitura de Itajaí aderiu ao protocolo da referida pesquisa científica para avaliar a ação da Ozonioterapia como técnica complementar no tratamento de pacientes confirmados com COVID-19. 

Neste protocolo, a via de aplicação utilizada é a insuflação retal, um  método de  tratamento sistêmico de aplicação de ozônio medicinal, de baixo risco. Uma recente publicação de autores alemães demonstrou que a via retal é segura e eficiente, com nível de evidência comparável ao da Medicina Baseada em Evidências.

 

Os benefícios do ozônio


 
Formado pelo rompimento das moléculas de oxigênio (O2), o ozônio (O3)  é um  dos oxidantes naturais mais potentes com importantes propriedades bactericidas, fungicidas e antivirais, sendo um poderoso germicida. Sua eficácia é determinada pela frequência da aplicação das doses, a utilização adequada e o estado do paciente.